Horário de Atendimento: 8h às 17h

Crea-GO busca parceria com o Banco do Brasil para fiscalização na área de Agronomia

            O presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, se reuniu, na tarde de hoje (27/3), com o superintendente do Banco do Brasil em Goiás, Marco Antônio Felício Sanches, para propor o compartilhamento de informações entre as instituições, com o objetivo de incrementar a fiscalização do Conselho goiano na área da Agronomia, tendo em vista que o Banco do Brasil é o principal responsável pela concessão de Crédito Rural no Estado de Goiás.

            Pelo Crea-GO, também participaram da reunião o coordenador da Câmara Especializada de Agronomia (CEA), conselheiro Eng. Agr. Anníbal Margon; o gestor do Departamento de Fiscalização, Eng. Mec. Walter Santana; e o líder da Área de Gestão de Convênios da Fiscalização, Eng. Contr. Autom. Roger Barcellos. Ainda estiveram presentes o presidente da Associação das Empresas de Planejamento e Consultoria Agropecuária no Estado de Goiás (Aepago), Fernando de Araújo Júnior; e o gerente de Mercado do Banco do Brasil, Gilciclei José Alves.

            Na reunião, Roger Barcellos fez uma breve apresentação do atual modelo de fiscalização do Crea-GO, realizado por meio da Plataforma ArcGIS, com informações compartilhadas por diversos órgãos de esferas municipal, estadual e federal, com os quais o Crea já tem um acordo de cooperação técnica. O líder da Área de Gestão de Convênios da Fiscalização destacou os dados aos quais o Crea tem acesso com cada um dos órgãos conveniados e como eles auxiliam na fiscalização da Autarquia goiana. Frisou ainda que os acordos de cooperação técnica com o Crea-GO não envolvem nenhum tipo de investimento financeiro.

            De acordo com o presidente Francisco Almeida, o principal objetivo do Crea-GO é garantir a presença dos profissionais – no caso, especialmente os da Agronomia – nos empreendimentos. “Não queremos interferir em nada no trabalho do Banco; queremos apenas colaborar com nossas informações. Queremos que os agrônomos executem um bom trabalho com os recursos do Banco. Temos que levar em conta, também, as questões da natureza. Quem faz empréstimo no Banco do Brasil tem uma série de compromissos nesse sentido e queremos garantir que nossos profissionais, que trabalham com assistência técnica, se atentem para as questões naturais, já que a presença do profissional na área das ciências agrárias é sine qua non para o desenvolvimento sustentável”, frisou o presidente, destacando ainda que o Crea-GO é referência nacional nesse modelo de fiscalização.

            O superintendente Marco Antônio Sanches se mostrou interessado na proposta do Crea-GO. “O que o Crea nos está propondo é um arcabouço de informações que certamente irá nos auxiliar muito. Quero que esta reunião seja mais que um simples encontro, mas o início de um trabalho em conjunto para que haja integração. O Banco tem muitas informações sobre propriedades rurais e talvez até outras informações que também sejam de interesse do Conselho. A soma de dados, aliada à Plataforma de que dispõe o Crea, permitirá que tenhamos melhor observação e compreensão de cada propriedade; como está o nível de assistência técnica, a presença de profissionais nas lavouras etc. O banco terá muito mais segurança sobre o que acontece dentro das propriedades, com o acompanhamento do projeto e correção de eventuais desvios, considerando a efetiva presença do profissional”, ressaltou.

            Nos próximos dias, equipes do Crea-GO e do Banco do Brasil avaliarão as informações de interesse da cada uma das partes que podem ser compartilhadas. Uma nova reunião será marcada para os dados sejam apresentados, com a presença do gerente responsável pela área de Agronegócio do Banco.

 

O superintendente do Banco do Brasil em Goiás, Marco Antônio Sanches, assiste à apresentação da equipe do Crea-GO sobre o modelo de fiscalização do Conselho
O superintendente do Banco do Brasil em Goiás, Marco Antônio Sanches, assiste à apresentação da equipe do Crea-GO sobre o modelo de fiscalização do Conselho

 

O presidente Francisco Almeida (D) e o superintendente Marco Antônio Sanches (E) discutem acordo de cooperação técnica entre o Crea-GO e o Banco do Brasil
O presidente Francisco Almeida (E) e o superintendente Marco Antônio Sanches (D) discutem acordo de cooperação técnica entre o Crea-GO e o Banco do Brasil

Baixe nossos Aplicativos 

   



 

Redes Sociais