Horário de Atendimento: 8h às 17h

Francisco Almeida ministra palestra durante audiência pública sobre irrigação e sustentabilidade na Alego

            O presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, participou, na tarde de ontem (3/4), de audiência pública para debater irrigação e sustentabilidade no Estado de Goiás. Iniciativa da Associação dos Produtores do Vale do Araguaia (Aprova), com apoio do deputado Virmondes Cruvinel (PPS), o evento foi realizado no Auditório Costa Lima, da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), e enfatizou a importância da construção do futuro da agricultura irrigada em nosso Estado. O presidente do Conselho goiano foi responsável por ministrar uma das palestras da programação do debate.

A abertura do evento foi feita pelo secretário de Estado de Meio Ambiente e Recursos Hídricos (Secima), Hwaskar Fagundes, que destacou a importância do evento, enfatizando que a irrigação representa a sustentação da agricultura no Estado de Goiás e no mundo. O secretário ainda assumiu compromisso em avançar com os projetos da área e se prontificou a utilizar sua experiência no setor privado para coordenar a Secima e atender às demandas sob sua responsabilidade.

Em seguida, o deputado Virmondes Cruvinel deus as boas vindas a todos e enalteceu a iniciativa da Aprova, colocando não apenas seu gabinete, mas toda a Alego, à disposição. “O certo é que a Alego está pronta para promover as adequações que se fizerem necessárias na legislação vigente, de acordo com os avanços da sociedade, bem como para aprovar novas leis que venham efetivamente ao encontro da classe produtora que investe alto na irrigação com sustentabilidade”, ressaltou o parlamentar.

O presidente da Aprova, Antônio Celso Barbosa Lopes, agradeceu o apoio do deputado e falou da contextualização geral do problema. Em seguida, começaram as palestras, que tiveram como mediador o engenheiro agrônomo, especialista em agricultura sustentável, Bento Godoy, presidente do Comitê da Bacia do Rio Paranaíba.

 

Realizado pela Aprova, com apoio do deputado Virmondes Cruvinel, o evento foi sediado no Auditório Costa Lima, da Alego (Foto: Carlos Costa)
Realizado pela Aprova, com apoio do deputado Virmondes Cruvinel, o evento foi sediado no Auditório Costa Lima, da Alego (Foto: Carlos Costa)

Palestras – Com o tema “Inteligência de Negócios e Sustentabilidade”, o presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, ministrou sua palestra explicando aos participantes que não tem como separar ciência e tecnologia e que a junção das duas é primordial, hoje, para a área da irrigação. Além disso, Francisco falou sobre a Tecnologia de Informação e Comunicação (TIC), que inclui o sistema de irrigação inteligente; a agricultura de precisão; a automação e rede de sensores locais. “O mapeamento de solos, o monitoramento de doenças, as variáveis meteorológicas e o sensoriamento remoto são um conjunto de tecnologias que fazem parte da rotina de quem trabalha com irrigação e, principalmente, para os técnicos e engenheiros agrônomos, para que haja segurança, qualidade e economia para o produtor rural”, explicou.

O presidente ainda ressaltou os principais desafios para o avanço na área da irrigação. “Necessitamos da avaliação da eficiência de irrigação na região; da instalação de estações de pluviômetros, climatologia e softwares de manejo; de estudos hidrológicos, de barramentos e de práticas conservacionistas nas regiões; além da biotecnologia que a cada dia avança mais”, alegou. Por fim, Francisco destacou a responsabilidade dos profissionais do Sistema Confea/Crea e a auditoria realizada pela Controladoria Geral da União (CGU) no Conselho, no final de 2017. “Tivemos a visita da CGU, que nos orientou a fiscalizar o exercício profissional e não mais fiscalizar a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), que é um documento normal e que já faz parte do processo de qualquer empreendimento ou serviço. Queremos a presença do profissional capacitado na propriedade, para que ele que possa resolver os problemas dos produtores rurais e também do consumidor”, afirmou.

Ainda durante o evento, foram ministradas as seguintes palestras: “Atlas Irrigação – Dados da agricultura irrigada no Brasil e no Estado de Goiás”, por Sérgio Ayrimoraes e Wagner Vilella, da Agência Nacional de Águas (Ana); “A Irrigação e o Vale do Araguaia”, por José Roberto Menezes, agrônomo e consultor em Manejo de Sistemas Tropicais Irrigados; “Impacto da agricultura irrigada nos recursos hídricos e no meio ambiente”, por Lineu Neiva, doutor em Engenharia Agrícola, da Embrapa Cerrados; “Diálogo para Aprimoramento da Oferta e do Uso dos Recursos Hídricos na Irrigação”, por Demétrios Christofidis, doutor em Gestão Ambiental, do Ministério do Meio Ambiente; “Gestão da água e do meio ambiente: situação e perspectivas para atuação junto à agricultura irrigada”, ministrada pelo secretário da Secima, Hwaskar Fagundes; “Gestão rural: situação e perspectiva dos agricultores irrigantes para solução do problema”, por Antônio Celso Lopes, presidente da Aprova; e “Aspectos Jurídicos sobre Outorga, Licenciamento Ambiental e Alternativas Jurídicas para a Irrigação”, ministrada pelo advogado Evandro Grilli, especialista em Direito Ambiental. (Com informações da Diretoria de Comunicação da Alego)

 

Em sua participação, o presidente Francisco Almeida aborda “Inteligência de Negócios e Sustentabilidade”
Em sua participação, o presidente Francisco Almeida aborda “Inteligência de Negócios e Sustentabilidade”

Baixe nossos Aplicativos 

   



 

Redes Sociais