Horário de Atendimento: 8h às 17h

Crea-GO realiza 10º Seminário de Inspetores

Com o objetivo de fomentar a capacidade do inspetor do Crea-GO como instrumento multiplicador de informações, além de mostrar sua importância na construção de uma imagem sólida do Conselho perante a sociedade, o Crea-GO iniciou na manhã de ontem (29/10) seu 10º Seminário de Inspetores. O evento, que segue até hoje (30/10), reúne, no Plenário do Regional, 59 inspetores lotados nas 28 inspetorias do interior goiano e conta com uma programação de palestras e discussões acerca de diversos assuntos que tangem à atuação do Crea e à função das inspetorias.

Ao dar as boas-vindas aos participantes no início do Seminário, o presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, destacou o resultado das eleições e afirmou categoricamente que não existe possibilidade de haver crescimento no Brasil sem a presença das engenharias e da agronomia. “É quase impossível promover o desenvolvimento do País sem que a construção civil, sem que a agropecuária, sem que as indústrias e tudo mais estejam presentes”.

O presidente também falou da necessidade de pensar em um novo Crea e de trazer associações para dentro do Conselho. “Não dá mais para pensar em um Crea cartorial, arrecadador, que não pensa, que não discute,  que não está presente no desenvolvimento sustentável dos municípios do estado de Goiás. Temos que ser  mais interativos e participativos para que nossa sociedade possa  reconhecer o nosso trabalho. Precisamos de no mínimo 6 novas associações no Conselho com representantes do interior aqui. Quero pedir a colaboração de vocês, nossos lideres no interior, para chamar e mobilizar as associações para que possamos estar presente nas discussões do desenvolvimento de cada município”, considerou.

Em seguida, o presidente prosseguiu com a palestra “Inovações e Desafios do Crea-GO”, na qual abordou as mudanças que estão ocorrendo no Conselho goiano. “Neste ano mudamos todo o planejamento do nosso encontro anual para mostrarmos o que estamos realizando no Regional goiano. Para o próximo ano, vamos programar no mínimo dois encontros, depois da colheita e outro em novembro, para que todos os inspetores participem efetivamente”. Ele continuou dizendo que o Crea de Goiás está na frente em todos os aspectos. “Estamos anos luz a frente de outros Conselhos. Este Crea é importante, tenho orgulho dele, estamos mudando todos os dias. Mas precisamos da participação efetiva dos inspetores para a sociedade reconhecer o nosso valor”, enfatizou. Em sua palestra, o presidente Francisco ainda deu uma visão geral do Conselho, falou sobre a natureza jurídica e as principais funções do Conselho, e explicou as novas demandas e exigências dos órgãos de controle com relação ao que se refere a fiscalização da atividade profissional.

 

O presidente Francisco Almeida destaca a importância dos profissionais da área tecnológica para o desenvolvimento do país, além de dar uma visão geral sobre o Crea em sua palestra
O presidente Francisco Almeida destaca a importância dos profissionais da área tecnológica para o desenvolvimento do país, além de dar uma visão geral sobre o Crea em sua palestra

A segunda palestra do Seminário foi ministrada pelo assessor institucional Eng. Agr. Vicente Machado, que abordou “Função, Direitos e Deveres dos Inspetores & Estatísticas”. Em sua apresentação, Vicente tratou das competências das inspetorias, da jurisdição, da organização, das aptidões dos inspetores e do conselho construtivo. “Expliquei o que a inspetoria representa, mostrei com base estatística que hoje somos uma autarquia grande e que precisamos de orçamento para tocar tudo isso”. O assessor Vicente Machado ainda lembrou que tem muitos inspetores novos no seminário. “Hoje são 28 inspetorias, com três inspetores em cada, somando 84 inspetores. Desses 84, apenas 26 continuam na função de inspetor titular ou auxiliar. A renovação foi grande, mais de 50 inspetores foram substituídos”.

 

O assessor institucional Eng. Agr. Vicente Machado tratou das competências das inspetorias, da jurisdição, da organização, das aptidões dos inspetores e do conselho consultivo
O assessor institucional Eng. Agr. Vicente Machado tratou das competências das inspetorias, da jurisdição, da organização, das aptidões dos inspetores e do conselho consultivo

 A última palestra da manhã ficou a cargo do coach e trainer Leonardo Cortez, que tratou sobre “Engenharia e Ética na Reconstrução de Goiás”. Em sua fala, Leonardo trouxe a ética não só como um diferencial, mas como elemento essencial para qualquer relação profissional e pessoal. “Apresentei alguns exemplos da minha vida profissional onde eu precisei agir de maneira extremamente ética e expliquei como os engenheiros, por meio do seu Código de Ética, podem desenvolver algumas competências que automaticamente vão elevar o nível de ética e a satisfação pessoal e profissional dos inspetores”, ressaltou.

 

O coach e trainer Leonardo Cortez trouxe a ética não só como um diferencial, mas como elemento essencial para qualquer relação profissional e pessoal
O coach e trainer Leonardo Cortez trouxe a ética não só como um diferencial, mas como elemento essencial para qualquer relação profissional e pessoal

Abrindo a programação da tarde, o superintendente do Crea-GO, Eng. Agr. Hélder Borges, apresentou a palestra “A Estrutura Administrativa do Conselho – Organograma do Crea-GO”. Em sua fala, Hélder mostrou o novo organograma vertical com a ideia de abrir a visão de inspetores sobre toda a estrutura que compõe o Conselho. “Chamei a atenção para o controle administrativo que existe em todas as áreas, focando sempre que, pelo fato de sermos uma instituição pública, somos auditados por órgãos de controle, como o TCU e a CGU. No novo Organograma ainda criamos as coordenadorias de Licitações, de Auditoria Interna e a de Integração de Dados para mostrar o trabalho detalhado que o Crea realiza e evitar erros de fluxos processuais”, explicou. O superintendente ainda chamou a atenção dos inspetores para as atividades de fiscalização diferenciadas do Crea. “Hoje, temos dois tipos de fiscalização: a do exercício profissional executada pelo Departamento de Fiscalização; e a outra, que é a fiscalização da atividade profissional que é realizada pelo Departamento Técnico”, informou.

 

O superintendente do Crea-GO, Eng. Agr. Hélder Borges, mostrou o novo organograma vertical com a ideia de abrir a visão de inspetores sobre toda a estrutura que compõe o Conselho
O superintendente do Crea-GO, Eng. Agr. Hélder Borges, mostrou o novo organograma vertical com a ideia de abrir a visão de inspetores sobre toda a estrutura que compõe o Conselho

Em seguida, Victor Mateus Rocha, representando o Departamento de Tecnologia da Informação; e o coordenador de Integração de Dados do Crea-GO, Eng. Civ. Eliel Oliveira, apresentaram as palestras “Navegação pelo Site do Crea-GO e Aplicação do Business Intelligence (BI) no Conselho”, respectivamente.  Em sua fala, Victor apresentou a dinâmica de navegação pelo site do Conselho. “Naveguei pelos principais serviços disponibilizados, destacando a ART Imediata, Requerimento Online, Ouvidoria que possuem ícones de acesso rápido na pagina inicial”, considerou.

 

Victor Mateus Rocha, representando o Departamento de Tecnologia da Informação, apresentou a dinâmica de navegação pelo site do Conselho
Victor Mateus Rocha, representando o Departamento de Tecnologia da Informação, apresentou a dinâmica de navegação pelo site do Conselho

Já Eliel Oliveira apresentou um aplicativo para mostrar como funciona a análise associativa e integrada de informações pelo BI. “A análise associativa permite fazermos estudos de riscos baseados nas informações, objetivando o direcionamento da fiscalização e a otimização das atividades do Crea como um todo”. O eng. Eliel também falou sobre os principais projetos da sua coordenadoria. “Hoje temos como principais projetos a recarga hídrica do Estado, a fiscalização da atividade profissional, a identificação de serviços de engenharia que necessitam de acompanhamento profissional periódico e as ferramentas de controle interno”, declarou.

 

Eliel Oliveira apresentou um aplicativo para mostrar como funciona a análise associativa e integrada de informações pelo BI. Ele falou sobre os principais projetos da sua coordenadoria
Eliel Oliveira apresentou um aplicativo para mostrar como funciona a análise associativa e integrada de informações pelo BI. Ele falou sobre os principais projetos da sua coordenadoria

Em seguida, o gestor do Departamento Técnico do Conselho, Eng. Civ. Edvaldo Maia; e o líder da Área de Gestão de Convênios da Fiscalização, Eng. Contr. Autom. Roger Barcellos, ministraram a palestra “Fiscalização – Procedimentos e Inovações”. Na oportunidade, Edvaldo abordou a necessidade de combinar a atividade finalística do Crea, não fiscalizando apenas o exercício profissional (registro cartorial), mas a atividade desempenhada pelos profissionais, combatendo o acobertamento, verificando a qualidade dos serviços e a veracidade dos atestados técnicos. “Nosso objetivo é sermos proativos na verificação de ações impróprias no que se refere aos serviços técnicos entregues a sociedade, exercidos pelos profissionais abrangidos pelo Sistema Confea/Crea”, declarou.

O gestor do Departamento Técnico também deixou claro que para inovar, o Crea readequou as atividades da área técnica  cuja finalidade atual é a fiscalização da atividade profissional. “Este tipo de fiscalização da atividade profissional é fundamental, pois além de cumprir a atividade finalística do Conselho, amplia a qualidade e a segurança dos serviços da área tecnológica prestada à sociedade em razão de melhor verificação da atuação profissional”, defendeu.

 

O gestor do Departamento Técnico do Conselho, Eng. Civ. Edvaldo Maia, abordou a necessidade de combinar a atividade finalística do Crea, não fiscalizando apenas o exercício profissional, mas a atividade desempenhada pelos profissionais
O gestor do Departamento Técnico do Conselho, Eng. Civ. Edvaldo Maia, abordou a necessidade de combinar a atividade finalística do Crea, não fiscalizando apenas o exercício profissional, mas a atividade desempenhada pelos profissionais

Já Roger Barcellos apresentou os acordos de cooperação técnicas assinados pelo Conselho e a importância deles. “Estamos acompanhamento a mudança que está ocorrendo nos órgão públicos com o compartilhamento de dados e a otimização dos gastos públicos”. O palestrante também convocou os inspetores para auxiliar na assinatura de novos acordos em municípios que não possuem. “Precisamos da ajuda de vocês para que o Crea chegue em todos os municípios do Estado”, salientou.

 

O líder da Área de Gestão de Convênios da Fiscalização, Eng. Contr. Autom. Roger Barcellos, apresentou os acordos de cooperação técnicas assinados pelo Conselho e a importância deles
O líder da Área de Gestão de Convênios da Fiscalização, Eng. Contr. Autom. Roger Barcellos, apresentou os acordos de cooperação técnicas assinados pelo Conselho e a importância deles

Encerrando a programação do primeiro dia de Seminário, a coordenadora de Planejamento e Qualidade, Eng. Civ. Rosana Brandão, conduziu uma dinâmica com a utilização da ferramenta Kahoot, um gameshow para descontrair os participantes do Seminário. O Kahoot nada mais é do que um serviço web que permite criar jogos de perguntas e respostas e interagi-lo com os dispositivos móveis dos participantes para obter as respetivas respostas.

 

A coordenadora de Planejamento e Qualidade, Eng. Civ. Rosana Brandão, conduziu uma dinâmica com a utilização da ferramenta Kahoot, um gameshow para descontrair os participantes do Seminário
A coordenadora de Planejamento e Qualidade, Eng. Civ. Rosana Brandão, conduziu uma dinâmica com a utilização da ferramenta Kahoot, um gameshow para descontrair os participantes do Seminário

 

Palestras e oficinas práticas marcam o último dia do encontro

Hoje (30/10), o 10º Seminário de Inspetores do Crea-GO continuou com a palestra “Líderes Inspetores – Desafios e Perspectivas”, ministrada pela coach Andressa Nunes, que  falou sobre as atuais competências para uma liderança contemporânea. “Abordei principalmente o papel das lideranças e qual o impacto dessa liderança para as inspetorias, lembrando que os inspetores são líderes e representantes do Crea no interior. Então, diante desse cenário, quais são as novas posturas e atitudes esperadas para que essas lideranças tenham uma boa representatividade para a sociedade e também  para os profissionais, além de fazê-los perceber como vamos expandir a visão do Crea para outras regiões”, afirmou.

 

 

A coach Andressa Nunes falou sobre as atuais competências para uma liderança contemporânea
A coach Andressa Nunes falou sobre as atuais competências para uma liderança contemporânea

Em seguida, o gestor do Departamento Técnico do Conselho, Eng. Civ. Edvaldo Maia; a Eng. Civ. Kamilla Geaninne, líder da Área Técnica do Crea; e a Eng. Eletric. Kristinne Rodrigues, gestora do Departamento de Registro, realizaram uma oficina prática sobre Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e Livro de Ordem. “Todos os inspetores presentes vão preencher uma ART e um Livro de Ordem junto comigo e as dúvidas serão sanadas durante esse processo”, esclareceu Edvaldo.

 

O gestor do Departamento Técnico do Conselho, Eng. Civ. Edvaldo Maia, tira dúvidas sobre a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e o Livro de Ordem
O gestor do Departamento Técnico do Conselho, Eng. Civ. Edvaldo Maia, tira dúvidas sobre a Anotação de Responsabilidade Técnica (ART) e o Livro de Ordem

Para a Eng. Civ. Kamilla, mesmo partindo do princípio que os inspetores já sabem como preencher uma ART e o Livro de Ordem, a oficina é mais uma oportunidade de corrigir falhas. “Existem pontos na ART e no Livro de Ordem que deixam os profissionais em dúvida, então aproveitamos o Seminário para que os nossos inspetores conheçam profundamente o procedimento, já que eles nos representam no interior. Com relação ao Livro de Ordem, talvez alguns já conheçam e outros não, por isso vamos preencher na prática, para eles verem como funciona o documento”.

 

A Eng. Civ. Kamilla Geaninne, líder da Área Técnica do Crea, conduz a oficina prática de preenchimento de ART e do Livro de Ordem eletrônico do Crea-GO
A Eng. Civ. Kamilla Geaninne, líder da Área Técnica do Crea, conduz a oficina prática de preenchimento de ART e do Livro de Ordem eletrônico do Crea-GO

Para a gestora do Departamento de Registro, Eng. Eletric. Kristinne Rodrigues, a importância da oficina prática consistiu em orientar e dar subsídios para que os inspetores conheçam de fato o Livro de Ordem e o valor do documento para o Sistema Confea/Crea, para que eles instruam os profissionais no interior. “O Livro de Ordem é uma ferramenta que veio para orientar os procedimentos do Crea, reconhecendo qual profissional de fato dá assistência em obras ou serviços, que dá a devida valorização ao reconhecer que ele é o responsável pelo trabalho que desempenha, além de ser o responsável pelo fruto que determinado trabalho pode trazer para a sua vida profissional”, argumentou.

 

A gestora do Departamento de Registro, Eng. Eletric. Kristinne Rodrigues, auxilia o inspetor auxiliar de Goiás, Eng. Agric. e Seg. Trab. Benício Ferreira, a preencher o Livro de Ordem
A gestora do Departamento de Registro, Eng. Eletric. Kristinne Rodrigues, auxilia o inspetor auxiliar de Goiás, Eng. Agric. e Seg. Trab. Benício Ferreira, a preencher o Livro de Ordem

Um papo aberto com os participantes também esteve entre as atividades do Seminário. Os inspetores puderam testemunhar, questionar ou fazer sugestões sobre os assuntos discutidos durante o encontro e sobre a realidade enfrentada na região de atuação da inspetoria, com o presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, auxiliado pelos gestores.

Após o debate, o presidente Francisco Almeida encerrou da 10ª Edição do Seminário de Inspetores com algumas considerações. “Conclamei os inspetores para participarem ativamente da eleição para conselheiro federal que ocorre no próximo dia 9, ressaltando que o número de votantes é importante para a representatividade de Goiás no Confea; reivindiquei que os inspetores exerçam seus cargos com muita ética; pedi que tenham paciência e humildade no trato com os profissionais, preservando sempre a amizade e os relacionamentos; falei sobre a importância da proatividade dos inspetores na região onde atuam e da parceria com entidades e empresas idôneas; disse que precisamos de líderes no interior para fazermos uma revolução no Crea e que essa revolução depende dos inspetores para que o Regional goiano se torne o melhor do país”, concluiu.

 

O presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, auxiliado pelos gestores, promove um papo aberto com os inspetores que puderam testemunhar, questionar ou fazer sugestões sobre os assuntos discutidos durante o encontro
O presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, auxiliado pelos gestores, promove um papo aberto com os inspetores que puderam testemunhar, questionar ou fazer sugestões sobre os assuntos discutidos durante o encontro

Ao finalizar sua fala, o presidente do Crea exibiu um vídeo com a composição “Tocando em frente”, de Almir Sater e Renato Teixeira, com o intuito de repassar aos inspetores a filosofia de vida embutida na letra da música. A canção narra a forma como um caipira leva a vida, do jeito que todos deveriam levar, conhecendo a marcha e tocando em frente. A obra é admirada por todos por mostrar, de uma forma bem simples, como a vida realmente é. No encerramento oficial, os participantes assistiram a um vídeo com a poesia “Se ame e seja amor. Se permita errar”, declamada pelo nordestino Bráulio Bessa, no Programa Encontro, de 24 de novembro do ano passado.

 

59 inspetores, oriundos de 28 inspetores, participaram do 10º Seminário de Inspetores em Goiânia
59 inspetores, oriundos de 28 inspetores, participaram do 10º Seminário de Inspetores em Goiânia

 

Depoimentos:

 

“O Seminário foi proveitoso porque o Crea disseminou para os inspetores a cultura está implementando junto às inspetorias, tornando o serviço igualitário em todas as cidades e com os mesmos objetivos. A mudança de atitude do Crea  no interior, que envolve, entre outros assuntos, a preservação do meio ambiente, a qualidade das construções, e a participação ativa nas discussões dos problemas do município, interagindo as inspetorias com os órgãos da cidade, é muito importante para o desenvolvimento sustentável dos municípios.” (Eng. Civ. Rodrigo Cortes Carvalho – Inspetor Auxiliar de Goianésia)

 

“Tive a oportunidade de me atualizar em todos os aspectos com este Seminário. A oficina prática de preenchimento do Livro de Ordem foi importante para entendermos bem como o documento funciona, para orientarmos os profissionais de Caldas Novas. Eu ainda não tinha preenchido o Livro. Também me chamou a atenção o tamanho da estrutura do Crea e como as áreas de atuação do Conselho melhoraram.” (Eng. Civ. Cleiton Borges Carneiro – Inspetor Auxiliar de Caldas Novas)

 

“Estamos passando por uma verdadeira reciclagem. Não podemos bater no peito e falar que sabemos tudo, mas esse encontro está servindo para nos ensinar muito, além de reforçar alguns pontos que já conhecemos. O evento foi muito proveitoso para os inspetores de Itumbiara. A interação entre os inspetores de diversas localidades, a troca de informações, a palestra motivacional sobre o papel da liderança no interior, a palestra sobre o Livro de Ordem que sanou nossas dúvidas. Tudo o que aprendemos aqui vai colaborar na hora de repassar informações aos profissionais da nossa cidade e região.” (Eng. Civ. Johnis Pastori da Silva Júnior – Inspetor Auxiliar de Itumbiara)

 

“Com esse seminário, o Crea visou proporcionar um conhecimento ímpar para os inspetores e por meio de nós multiplicar esses conhecimentos entre os profissionais da nossa região. Além disso, eventos como este, agregam valor  técnico e nos dão oportunidade de conhecer  inspetores de outras unidades. A palestra motivacional, que visou ao crescimento dos inspetores e, consequentemente, do Crea, foi um ponto importante da programação pelo fato do Crea estar vivenciando mudanças contínuas. Estamos aqui para ajudar o Conselho a crescer cada vez mais, para que ele continue sendo referência dentro do Sistema.” (Eng. Ambiental Dornil Espíndola Coelho Neto – Inspetor Titular de Porangatu)

Baixe nossos Aplicativos 

   



 

Redes Sociais