Horário de Atendimento: 8h às 17h

Francisco Almeida coloca Crea-GO à disposição de novo secretário de Agricultura de Goiás

O presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, acompanhado pelo conselheiro federal por Goiás Eng. Agr. Annibal Margon, se reuniu, na manhã de hoje (7/1), com o superintendente de Agricultura, ligada à Secretaria Estadual de Desenvolvimento (SED), Antônio Carlos de Souza Lima Neto. O superintendente deverá assumir secretaria estadual ligada à agropecuária após reforma administrativa do governo Ronaldo Caiado.

De acordo com o presidente Francisco Almeida, a ideia da visita foi colocar o Crea-GO à disposição da nova secretaria. “Colocamos toda a tecnologia do Crea à disposição do novo secretário, tendo em vista a importância da pasta ligada à agropecuária para o desenvolvimento sustentável do Estado. A secretaria é um órgão de políticas públicas para os pequenos e médios produtores, principalmente, o que faltou no último governo. Então, queremos colocar o Conselho à disposição para que possamos construir, juntos, essa nova secretaria, moderna, informatizada e que deixe sua marca”, afirmou o presidente.

Na reunião, Francisco também externou sua preocupação quanto à possibilidade de incorporação da Agência Goiana de Defesa Agropecuária (Agrodefesa), da Agência Goiana de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária (Emater) e das Centrais de Abastecimento de Goiás S/A (Ceasa) pela secretaria. “Isso tiraria o status de agência das instituições, inviabilizando seus trabalhos como devem acontecer. Esses órgãos não podem ser departamentos de nenhuma secretaria. É importante que se mantenham independentes, como agências”, destacou. O presidente ainda frisou que é necessário que a Ceasa passe por uma reformulação, para que “haja uma política agrícola e ela possa, também, acompanhar a questão do rastreamento de uso de defensivos agrícolas, por exemplo”.

Segundo o futuro titular da pasta ligada à agropecuária, Antônio Carlos de Souza Lima Neto, que também é engenheiro agrônomo, há um direcionamento do governo Caiado para modernização de toda a estrutura da secretaria. “Como demandado pelo nosso governador, o propósito maior será construirmos uma estrutura que esteja à altura da importância do setor agropecuário para o Estado. Certamente conseguiremos esses resultados com eficiência, principalmente, fundamentando importantes parcerias. Não será diferente, a nossa aproximação junto ao Crea. Promoveremos uma parceria forte e organizada para que consigamos efetivar bons resultados para Goiás”, frisou Lima Neto.

 

O presidente Francisco Almeida (E), o superintendente e futuro secretário de Agricultura Antônio Carlos Lima Neto e o conselheiro federal Annibal Margon (D) durante reunião
O presidente Francisco Almeida (E), o superintendente e futuro secretário de Agricultura Antônio Carlos Lima Neto e o conselheiro federal Annibal Margon (D) durante reunião

Baixe nossos Aplicativos 

   



 

Redes Sociais