Horário de Atendimento: 8h às 17h

Francisco Almeida se despede da coordenação do CP; presidentes da Paraíba e de Roraima assumem

O presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, que coordenou o Colégio de Presidentes do Sistema Confea/Crea e Mútua (CP) em 2018, se despediu do cargo ontem (20/2), durante reunião realizada no 8º Encontro de Líderes Representantes do Sistema Confea/Crea e Mútua. Francisco coordenou o CP ao lado do presidente do Crea-SE, Eng. Agr. Arício Resende, seu adjunto.

Na mesma reunião, os nomes do Eng. Civ. Antônio Aragão (Crea-PB) e Eng. Agr. Wolney Parente Júnior (Crea-RR) foram definidos para os cargos de titular e adjunto, respectivamente, eleitos por 19 votos a 7, e uma abstenção.

Os engenheiros assumem o mandato 2019 do colegiado que tem, entre outras competências, buscar a unidade de ação no que se refere a funcionamento do Sistema e posicionamento diante de temas relacionados às profissões fiscalizadas.

Nessa linha de integração, o recém-eleito Antônio Aragão sinalizou que o trabalho será realizado de modo a “manter o equilíbrio do tripé Confea, Creas e Mútua” e o diálogo será o caminho para alcançar esse resultado.

“Faremos interlocução com todos os entes que fazem o Sistema andar e também iremos interagir mais e trocar mais experiências entre os Creas para, assim, fortalecermos o Colégio de Presidentes”, garantiu Aragão.

“Agradeço a confiança depositada e estamos à disposição de todos vocês”, acrescentou Wolney Júnior, depois de assumir o compromisso de que irá “dedicar o seu melhor e trabalhar com planejamento”.

Os presidentes do Crea-AL, Eng. Civ. Fernando Dacal, e do Crea-AC, Eng. Agr. Carminda Pinheiro, também concorreram à coordenação.

 

Eng. Civ. Antônio Aragão (E) e Eng. Agr. Wolney Parente Júnior (D), novos coordenadores titular e adjunto, respectivamente, do Colégio de Presidentes
Eng. Civ. Antônio Aragão (E) e Eng. Agr. Wolney Parente Júnior (D), novos coordenadores titular e adjunto, respectivamente, do Colégio de Presidentes

Passagem de cargo – Na transmissão de cargo, o então coordenador do CP e presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, fez questão de ressaltar que encerrava o mandato de 2018 entregando relatório com todo o andamento da tramitação das 66 propostas do CP, a fim de subsidiar os trabalhos do novo titular.

“As propostas estão andando e fluindo para colhermos os frutos. Já discuti com o presidente Joel Krüger sobre as propostas que precisam ser reapresentadas ou demandam orçamento. Esse assunto está no radar do Confea, a fim de que sigam o rito de modo eficaz e sejam aprovadas porque os profissionais e a sociedade têm cobrado nossa atuação”, comentou Francisco Almeida.

Recomendações às futuras lideranças do colegiado foram feitas pelo ex-adjunto. “Para ser coordenador do CP é necessário marcar presença constante nas sessões plenárias do Confea. É uma atuação que depende também da conjuntura política e administrativa”, disse o presidente sergipano Eng. Agr. Arício Resende. (Com informações e fotos da Equipe de Comunicação do Confea)

 

Em pé, Wolney Júnior (E), Arício Resende, Antônio Aragão, Francisco Almeida e Joel Krüger, presidente do Confea, durante a transmissão de cargos
Em pé, Wolney Júnior (E), Arício Resende, Antônio Aragão, Francisco Almeida e Joel Krüger, presidente do Confea (D), durante a transmissão de cargos

Baixe nossos Aplicativos 

   



 

Redes Sociais