Horário de Atendimento: 8h às 17h

Crea-GO recomenda recuperação de pontos de ônibus da Avenida Goiás

O presidente do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás (Crea-GO), Eng. Francisco Almeida, enviou, na última sexta-feira (5/7), ofício a autoridades goianas tratando sobre a necessidade de recuperação dos pontos de ônibus da Avenida Goiás, no trecho da Praça Cívica à Câmara Municipal de Goiânia. O objetivo do alerta do Crea é cumprir sua missão institucional em defesa da sociedade.

O documento, acompanhado de Laudo Técnico de Constatação, foi endereçado ao prefeito de Goiânia, Iris Rezende; à coordenadora do Centro de Apoio Operacional de Combate à Corrupção e Defesa do Patrimônio Público do Ministério Público do Estado de Goiás (CAOCOP/MP-GO), Marizza Fabianni Maggioli Batista Leite; ao presidente da Câmara Deliberativa do Transporte Coletivo (CDTC), Jânio Darrot; e ao presidente da Companhia Metropolitana de Transportes Coletivos (CMTC), Benjamin Kennedy Machado.

De acordo com o Laudo de Constatação elaborado pela equipe técnica do Conselho goiano, foram encontradas, tanto nas estruturas de concreto quanto nas metálicas, manifestações patológicas como fissuras, trincas, desplacamento e corrosão do aço.

Assim, o Crea-GO recomenda aos órgãos competentes que sejam realizados ensaios, preferencialmente não destrutivos, para análise de resistência e outras que se fizerem necessárias; recuperação dos elementos estruturais com armadura exposta, nos casos em que a resistência não tenha sido afetada; e demolição e reconstrução para os elementos que não atendam à estabilidade requerida em projeto.

Para o Conselho goiano, todos os pontos de ônibus de concreto no trecho devem ser reconstruídos “devido à quantidade e diversidade de manifestações patológicas apresentadas e da provável inviabilidade de recuperação”, como aponta o laudo. O Crea argumenta que a intervenção deve ser imediata, “uma vez que os pontos de ônibus em concreto, nas condições atuais, estão susceptíveis ao colapso”.

Quanto aos pontos construídos em estrutura metálica, a equipe responsável pelo Laudo de Constatação informa que “foram identificadas a necessidade de intervenções mínimas, como a implantação de vidros de proteção contra a chuva e reforços nas bases dos pontos”.

Assim, o Conselho de Engenharia recomenda a contratação de um profissional legalmente habilitado, para realizar todos os estudos e intervenções necessárias, garantindo que a reconstrução ou recuperação dos pontos atenda integralmente às normas técnicas aplicáveis, garanta acessibilidade e não ofereça riscos aos usuários do transporte público goianiense.

 

Diversas manifestações patológicas, como fissuras, trincas, desplacamento e corrosão do aço foram encontradas nos pontos de ônibus
Diversas manifestações patológicas, como fissuras, trincas, desplacamento e corrosão do aço foram encontradas nos pontos de ônibus

Baixe nossos Aplicativos 

   



 

Redes Sociais