menu
×

Crea obtém resultados positivos e inovação com sistema de BI

A utilização da ferramenta atende às recomendações do TCU e da CGU, em busca de uma fiscalização proativa

Publicado: 25/09/20 13:01 - Fonte: Assessoria de Imprensa do Crea-GO


[noticia: crea-obtem-resultados-positivos-e-inovacao-com-sistema-de-bi] No Crea, o sistema de BI integra os dados inerentes às atividades do Conselho e atende às recomendações do TCU e da CGU - CREA-GO BUSINESS INTELLIGENCE BI.jpg No Crea, o sistema de BI integra os dados inerentes às atividades do Conselho e atende às recomendações do TCU e da CGU


O presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida, implantou em 2018, de maneira pioneira no Sistema Confea/Crea, a tecnologia de Business Intelligence (BI), com o objetivo de transformar dados em informações que utilizem menos recursos, conquistem resultados efetivos e alinhem o processo de tomada de decisão com os objetivos estratégicos do Crea. A ferramenta é supervisionada pela Coordenadoria de Integração de Dados (CID) do Conselho, sob gestão do Eng. Civ. Eliel Oliveira.

No Crea, o sistema de BI integra os dados inerentes às atividades do Conselho, tais como informações sobre Anotação de Responsabilidade Técnica (ART), profissionais e empresas de engenharia, além de dados sobre obras e serviços fiscalizados, com os dados aos quais o Regional passou a ter acesso a partir dos acordos de cooperação técnica firmados com diversos órgãos das esferas municipal, estadual e federal com atuação no Estado.

A extensão do BI também atende às recomendações do Tribunal de Contas da União (TCU) e da Controladoria-Geral da União (CGU), em busca de uma fiscalização proativa, de diminuição de riscos de acidentes nas engenharias e de cumprir com o seu papel na defesa da sociedade goiana, reafirmando a importância da tecnologia para a melhoria da gestão pública.

Em 2019, o software Qlik Analytics Plataform (QAP) foi adquirido pelo Crea-GO, que conquistou o topo da tecnologia, passando a ter acessos irrestritos via internet. Com a ferramenta, o Crea amplia o número de usuários, integra mais dados do Conselho com dados de diversos órgãos com os quais firmou acordos de cooperação técnica, além de trazer para o usuário grande autonomia na busca e tratamento das informações.

Desde a inserção do BI, foram obtidos diversos resultados positivos, como: levantamento de dados para negociação de taxas bancárias, números atualizados diariamente por meio do processamento de dados, fiscalização efetiva da atividade profissional, e a devolução de dados processados para os profissionais, para a realização de análise mercadológica e localizar possíveis oportunidades no mercado de trabalho.

Além disso, com o sistema de BI também foi possível fazer o planejamento da fiscalização na Agronomia. Ao realizar o processamento de dados e verificação da situação de propriedades junto ao Crea, foi possível evitar a perda de tempo de trabalho dos agentes de fiscalização e economizar com gastos de veículos, combustível e diárias. “Antes do BI, os agentes tinham que verificar todas as fazendas, e na maioria dos casos, eram propriedades com situação regularizada, sem a necessidade da visita do fiscal”, explica Eliel.