menu
×

Aparecida de Goiânia implantará o Programa Cidades Verdes

A Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade da cidade manifestou interesse em implantar o programa de maneira imediata, por meio de compensação ambiental

Publicado: 03/03/20 09:53 - Fonte: Assessoria de Imprensa do Crea-GO


[noticia: aparecida-de-goiania-implantara-o-programa-cidades-verdes] A entrega dos projetos do Programa Cidades Verdes foi formalizada em reunião de Francisco Almeida (C) com Regis Borges e Kamilla Giacomet - FORMALIZACAO_PROGRAMA_CIDADES_VERDES_APARECIDA_GOIANIA.JPG A entrega dos projetos do Programa Cidades Verdes foi formalizada em reunião de Francisco Almeida (C) com Regis Borges e Kamilla Giacomet


O presidente do Crea-GO, Eng. Francisco Almeida; o diretor de Meio Ambiente da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade de Aparecida de Goiânia (Semma), Regis Borges; e a coordenadora de Educação Ambiental, Kamilla Giacomet; formalizaram, em 2 de março, na sala de reuniões da Presidência do Crea-GO, a implantação do Programa Cidades Verdes no município de Aparecida de Goiânia.

Ao demonstrar interesse na implantação do programa, a equipe da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade destacou que o aparecidense merece habitar em uma cidade resiliente, sustentável e tecnológica. “Ao conhecer o Programa Cidades Verdes, desenvolvido pelo Crea, o município encontrou a compatibilidade dessas necessidades para os cidadãos”, declarou Regis Borges.

O diretor de Meio Ambiente ainda disse que “Aparecida de Goiânia, assim como outros municípios do Brasil, tem uma cultura de não preservar bem suas áreas verdes; e esse programa vem, de antemão, dar um suporte para o município transmitir a importância da preservação e da continuidade das áreas verdes na cidade”.

Regis Borges ainda adiantou que o município já tem uma área de 2000 m² reservada para a implantação do Viveiro Cerrado. “Sabemos que a área do projeto piloto é de 600 m², mas nós vamos implantar o Programa Cidades Verdes em sua totalidade e já pretendemos ampliar para outras regiões do município. Ainda queremos que o viveiro seja um ponto de visitação de crianças, para cultivarmos essa ideia de preservação”, destacou.

Para o presidente do Crea-GO, a formalização da implantação do Programa Cidades Verdes em Aparecida de Goiânia significa um avanço para o município. “Espero que Aparecida de Goiânia, que tem uma administração vanguardista, faça a diferença com esse programa, melhorando a vida dos aparecidenses”, frisou. 

Crea-GO e Prefeitura de Aparecida de Goiânia possuem parceria técnica desde janeiro de 2016. Com foco no aprimoramento da fiscalização de obras e serviços relativos ao Sistema Confea/Crea na cidade, o acordo prevê que tanto o Crea-GO quanto a Prefeitura devem compartilhar informações específicas de suas atribuições.

A parceria firmada visa ainda à realização de ações que protejam a população e ofereçam qualidade de vida aos cidadãos. Projetos como “Casa Própria”, “Horta Caseira Sustentável”, “Calçada Acessível”, “Programa Cidades Verdes” e outros também são disponibilizados pelo Crea ao município.

Pelo Crea-GO, ainda participaram da reunião que formalizou a entrega dos projetos do Programa Cidades Verdes à Prefeitura de Aparecida de Goiânia, os assessores Antônio de Pádua Teixeira, Áquila Silva Levindo, Ulysses Barbosa Sena e Marcella de Castro.

Sobre o Programa Cidades Verdes

Partindo da premissa de que a arborização urbana é particularmente importante ao compatibilizar espaços urbanos e questões socioambientais, o Crea-GO lançou em 30 de outubro de 2019 o Cidades Verdes, programa de incremento no planejamento e administração das áreas urbanas sob as óticas ambiental e social, na busca de melhores condições de vida para os habitantes dos municípios goianos.

O Cidades Verdes tem o apoio do Conselho Federal de Engenharia e Agronomia (Confea) e do Programa das Nações Unidas para os Assentamentos Humanos (ONU-Habitat).

Com o slogan “Plantando um Futuro Melhor”, o Cidades Verdes, de maneira inédita, visa apresentar para a sociedade uma inovação em governança, que aponta para um novo urbanismo, vinculando valores socioambientais e recursos naturais, envolvendo paisagem urbana, meio ambiente e sociedade, contribuindo, assim, para o desenvolvimento sustentável dos municípios goianos.

Entre os principais objetivos do programa estão implantar uma política de arborização urbana, impulsionar o desenvolvimento sustentável nos municípios e assessorar a estruturação de um órgão ambiental na prefeitura e a criação de uma agenda ambiental urbana para o município.

O programa Cidades Verdes prevê ainda a implantação do Viveiro Cerrado, com o objetivo de produzir e distribuir, de forma assistida e gratuita, cerca de 10 mil mudas de espécies do Cerrado e ornamentais como, por exemplo, Ipês Roxo, Branco e Amarelo, Angico Branco, Jatobá e Embaúba, entre outros; além de fornecer orientações técnicas para o plantio das espécies, de acordo com os fins a que se destinam, como arborização de calçadas e vias, paisagismo de áreas públicas, ocupação de espaços ociosos, recuperação de áreas degradadas, de captação de água e matas ciliares.

O projeto do Viveiro Cerrado contempla a construção de um espaço de convivência, para desenvolvimento de atividades de educação ambiental, um depósito, sanitários, área coberta por sombrite e sistema de irrigação. O conjunto de projetos para execução do viveiro – projeto arquitetônico, elétrico, hidráulico, estrutural, de irrigação, maquete eletrônica e orçamentos estimados – são fornecidos gratuitamente pelo Crea-GO.